icone6.png
SERVICOS.png
3a
3a

2a
2a

1a
1a

3a
3a

1/3

Descupinização

O controle da infestação de cupins é realizado a partir da avaliação técnica do local, para identificação da espécie, sendo definidas técnicas de tratamento específicas, de acordo com a espécie identificada. Em cupins de madeira seca, o tratamento é feito direto na madeira atacada, injetando uma solução cupinicida nas galerias que formam o ninho, que é efetivo para o controle da infestação, pois a colônia encontra-se restrita à peça atacada. Já nos casos de cupins subterrâneos, a colônia encontra-se fora do local de ataque. Desta maneira, o tratamento da peça atacada não é suficiente para controlar a infestação, pois os cupins simplesmente podem passar a atacar outro local ainda não tratado.

Assim, alternativas podem ser adotadas para o controle de cupins subterrâneos, como o uso de uma barreira química ao redor da estrutura e a identificação e eliminação do foco, que pode estar ao redor do local infestado. A intervenção necessária para se fazer este tratamento em estruturas envolvem um trabalho intensivo, com a necessidade de se furarem pisos e paredes. Devemos pensar sempre em tratamento preventivo, que, preferencialmente, deve ser realizado logo no início das chuvas, e, assim, garantir a proteção do imóvel.