SÉRIE PRAGAS URBANAS: Escorpiões


Principais espécies: escorpião marrom (Tityus bahiensis) e escorpião amarelo (Tityus serrulatus). Os escorpiões habitam praticamente todos os continentes, exceto a Antártida. Eles têm grande importância ecológica, pois são considerados os principais predadores de insetos e outros pequenos animais, que muitas vezes são nocivos ao homem. Assim como aranhas, carrapatos e ácaros, os escorpiões pertencem à Classe Arachnida. Distinguem-se dos insetos por apresentarem quatro pares de pernas, por não possuírem asas e antenas e por terem o corpo dividido em cefalotórax e abdômen. O abdômen é dividido em pré-abdômen, onde se localizam os opérculos genitais, e em pós-abdômen, onde há uma glândula que produz o veneno que o escorpião injeta com o aguilhão.

Este veneno pode ser utilizado na captura de presas e como método de defesa. Em áreas urbanas, é possível encontrar escorpiões onde há acúmulo de entulhos, materiais de construção, em terrenos baldios, jardins, etc.


fonte: BAYER

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo