SÉRIE PRAGAS URBANAS: Moscas Domésticas


Mosca doméstica - Musca domestica

É uma espécie não-hematófaga que apresenta tromba mole e coloração acinzentada com faixas claras e escuras no tórax e abdômen amarelado. O aparelho bucal desta mosca só permite a ingestão de alimentos líquidos ou semilíquidos, então elas regurgitam sua saliva fortemente enzimática para liquefazer alimentos sólidos. Moscas domésticas costumam ser mais ativas nas horas mais quentes do dia, podem voar por grandes distâncias e pousam preferencialmente sob superfícies estreitas e longas como, por exemplo, fios elétricos.

A cada postura, uma fêmea pode produzir de 120 a 150 ovos, que levam cerca de 8 à 24h para eclodir de acordo com as condições ambientais. O estágio larval dura cerca de três a quatro dias. Neste período, se alimentam de bactérias e leveduras. A duração do estágio pupal é de três a quatro dias, em locais que apresentam altas temperaturas e baixas umidades. No dia seguinte à cópula, as moscas adultas estão prontas para a desova. Elas localizam o local de postura através dos órgãos olfativos situados nas antenas, pois o odor liberado pela matéria orgânica em decomposição é atrativo para as moscas. Os ovos são depositados em locais onde há matéria orgânica em decomposição, como por exemplo: lixo orgânico, esterco fresco, dejetos animais esgoto, resíduos vegetais de jardins, gramados e praças, etc.


fonte: BAYER

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo